Arquimedes no Jornal O Globo – De bolsonaristas a perfis à esquerda, passando pelo mundo pop: veja como brasileiros repercutem as eleições americanas no Twitter

Análise da Arquimedes verificou 501 mil menções de perfis brasileiros sobre as eleições americanas a partir do dia 27 de outubro de 2020. A relevância do pleito para o cenário político-econômico brasileiro se dá pelos possíveis impactos no primeiro escalão da presidência da República, que tenta um alinhamento à política americana de Donald Trump, do Partido Republicano.

O levantamento apontou que 39% das menções no Twitter foram de bolsonaristas em apoio a Trump e com críticas à imprensa brasileira e internacional. Por outro lado, 28% das menções foram feitas por perfis de oposição ao governo Bolsonaro, que esperam por uma derrota do republicano. Pedro Bruzzi, sócio da Arquimedes, destaca que a preferência pela vitória de Biden não é reflexo de um alinhamento com suas propostas, e sim um anseio pela saída de Trump. “O discurso centrista de Biden não empolga o agrupamento de esquerda, de oposição. E é natural porque a figura do presidente americano não vai deixar de ser a representação do imperialismo de outros tempos”, afirmou.

A Arquimedes verificou um terceiro grupo, formado por pessoas de fora do mundo da política. São fãs de nomes da cultura pop americana, que se engajaram na política e representaram 30% das menções.

A matéria é de Aline Cravo e João Paulo Saconi e está disponível no site do Jornal O Globo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat