Com levantamento da Arquimedes, Época lista oito momentos da gestão Pazzuelo

Após o anúncio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na última segunda-feira (15) sobre a troca do comando do Ministério da Saúde, a Revista Época relembrou oito momentos que marcaram a gestão do general do Exército, Eduardo Pazzuelo.

O general ficou dez meses no cargo. Quando assumiu interinamente, em 16 de maio do último ano, o país tinha 233.142 casos e 15.633 mortes em decorrência da Covid-19. Passados 303 dias, ele deixa o posto na fase mais crítica da pandemia, com quase 280 mil óbitos, 11,5 milhões de infectados e menos de 5% da população imunizada.

Dentre os momentos relembrados em matéria da Época, a declaração do general sobre o “Dia D, Hora H – em alusão à data de início da campanha de imunização – compõe a lista. Na ocasião, a Arquimedes realizou levantamento sobre a repercussão da fala do então ministro, tendo 98,5% das publicações negativas ao militar.

A matéria é de Rodrigo Castro e está disponível no site da Revista Época.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat